Posts

The Voices, XIV General Chapter

 

 

 

 

 

 

 

Scalabrinianas, aberto o XIV Capítulo Geral, lançando um olhar para o futuro

XIV Capítulo Geral
Consagradas para a missão com os migrantes e refugiados.
“Cammina umilmente con il tuo Dio”. (Mi 6.8)

É com muita alegria, fé e esperança que no dia 22 de outubro de 2019, chegaram trinta e quatro irmãs delegadas ao Centro Internacional Sacro Cuore, em Rocca di Papa – Roma, para participar ao XIV Capítulo Geral da Congregação. Neste mesmo dia Ir. Rosanna Costantini, filha de Maria Auxiliadora, por meio de algumas dinâmicas ajudou o grupo a se integrar.

Os dias 23 e 24 de outubro foram dedicados às comunicações sobre o processo de reorganização realizado nas províncias pelas Superioras Provinciais do quadriênio 2014-2018 e das Superioras Provinciais atuais segundo a nova configuração da Congregação e da Superiora da Delegação Ásia.

Na manhã do dia 24 de outubro, um momento muito especial, foi a Celebração da Eucaristia diante do túmulo de São Pedro, na cripta da Basílica São Pedro no Vaticano, onde as irmãs capitulares pediram a intercessão deste grande apóstolo para o bom êxito do Capitulo. Pe. Gianni de Robertis, diretor geral da Fundação Migrantes, o qual presidiu a Missa, recordou às irmãs de invocar o fogo do Espírito Santo, sem o qual não se pode fazer nada e referindo-se às palavras do Papa Francisco disse “quando vocês falam, não digam o que a superiora geral quer escutar, mas digam o que verdadeiramente o Espírito Santo sugere, com franqueza e liberdade.”

Dia 25 de outubro, festejando o 124° aniversário da Congregação, com a Celebração Eucarística votiva ao Espírito Santo, deu-se a abertura oficial ao XIV Capítulo Geral. Mons. Giancarlo Perego, Bispo da Diocese de Ferrara – Comacchio, recordando as palavras do Papa Francisco de abandonar uma pastoral do “sempre se fez assim” animou às irmãs a serem audazes e criativas no repensar os objetivos, as estruturas, o estilo e os métodos evangelizadores das comunidades; de sair da própria acomodação para chegar às periferias, levando a cruz de Cristo com tantos irmãos e irmãs.

 

Falando do empenho do fundador Bemaventurado João Batista Scalabrini e dos confundadores, Pe. José e da Bemaventurada Assunta Marchetti, sublinhou a exigência do “direito a migrar” como um “direito inalienável” do gênero humano.

A Superiora Geral, Ir. Neusa de Fátima Mariano, acolheu as irmãs participantes ao Capitulo e disse que nas próximas semanas se fará reflexões, discernimentos e trabalhos juntas sobre o que se viveu e se realizou neste últimos anos, lançando um olhar para o futuro da vida religiosa scalabriniana. Confiando no Espírito Santo que chama e guia, Ir. Neusa declarou aberto o XIV Capítulo Geral.

Nos dias 25 e 26 outubro Pe. Amedeo Cencini, apresentou algumas reflexões e prospectivas como sinais de futuro e esperança para a Vida Religiosas Consagrada. Continuou dizendo que o Capítulo geral não tem o dever de resolver todas as dificuldades, mas o seu valor profético estará no indicar novos caminhos para um testemunho convincente da alegria da vida consagrada, do viver juntas. A capacidade de desenvolver a cultura da sensibilidade que leva à compaixão para o mundo no qual vivemos e à obediência ao discernimento da vontade de Deus. Por isso a formação permanente é ordinária e não somente extraordinária, na qual o único modelo é aquele pascal e o método é a integração da morte e ressurreição do Filho em cada instante da vida através da força e ação do Espírito Santo.

Em comunhão com a Igreja e com toda a Congregação se agradece as mensagens de proximidade recebidas e continuamos a contar com vosso apoio e unidade.

#MSCSGenChapter2019 #MissionariestotheMigrants

 

Festa de São Carlos Borromeo, Patrono da Congregação

Roma, 04 de novembro de 2018
“Chamados à santidade” (Rm 1,7).

Estimadas Irmãs e Formandas

Nós, Irmãs missionárias scalabrinianas, sentimo-nos agraciadas por Deus em ter São Carlos Borromeo como patrono, de modo particular neste tempo histórico de nossa Congregação, marcado por significativas mudanças, entre as quais, o processo de reorganização interna, que nos interpela a uma profunda renovação de nossa vida consagrada e missionária na centralidade em Jesus Cristo, a fim de sermos fiéis ao carisma scalabriniano.

De fato, não è fácil fazer uma síntese da vida intensa vivida por São Carlos, da qual emerge uma figura caracterizada pelo carisma do bom pastor que se doa sem pretensão de obter resultados esplêndidos, numa doação total, marcada com zelo extraordinário, fundamentado na humildade e na pobreza. E foi este mesmo zelo que o moveu na decisão de empreender uma reforma da Igreja e um sério caminho de reforma interior e de santidade, a fim de conformar-se sempre mais a Jesus Cristo. Foi assim, no confronto consigo mesmo, que promoveu a primeira e a mais radical obra de renovação, sendo capaz de dedicar-se sem reservas ao serviço de Deus e da Igreja.

Não poderemos compreender, porém, a figura de nosso patrono São Carlos Borromeo, sem conhecer a sua relação de intensa paixão a Jesus Cristo, em um amor confiante contemplado na Eucaristia e em Jesus crucificado que fizeram com que São Carlos se imergisse na profundidade do mistério do amor de Cristo.

O exemplo de vida de São Carlos, a dinamicidade de sua ação apostólica  de pastor e de reformador revelam-se persuasivos e atraentes como fruto da intensidade de seu amor a Cristo crucificado. A sua grandeza espiritual nasce da profundidade de sua fé e da totalidade de sua dedicação à missão recebida, em uma palavra, de sua santidade!

Queridas Irmãs, também nós, por graça, somos chamadas a seguir Jesus Cristo nesta forma particular e necessária de fecundidade, que “gera Cristo” em nosso ser e nos migrantes e refugiados que encontramos em nosso caminho como discípulas e missionárias do Pai.

Somos convidadas a dirigir os nossos olhares a São Carlos, modelo de santidade e de zelo apostólico, cujo exemplo nos inspira e nos motiva a viver o chamado à santidade sabendo que a vocação à santidade deve ser intuída, entendida, acolhida e cultivada e, “assim, sob o impulso da graça divina, com muitos gestos, vamos construindo aquela figura de santidade que Deus quis para nós: não como seres autossuficientes, mas ‘como bons administradores da multiforme graça de Deus’ (1 Pd 4,10)”.[1]

Com alegria, desejamos a vocês, Irmãs, formandas e Leigos Missionários Scalabrinianos, uma abençoada e feliz festa de São Carlos Borromeo, e que  motivadas/os pelo seu exemplo, possamos retomar com um novo ardor e empenho renovado a missão scalabriniana, no serviço evangélico e missionário aos migrantes e refugiados.

 

 

Ir. Neusa de Fátima Mariano, mscs

Superiora Geral, Conselho e Secretária Geral

 

 

[1] Francisco, Esortação Apostólica Alegrai-vos e exultai, n.18

Encontro interprovincial das Irmãs MSCS

“As Irmãs scalabrinaianas das províncias com sede no Brasil (Nossa Senhora Aparecida, Imaculada Conceição, Cristo Rei e Maria, Mãe dos Migrantes) acolhem com alegria e muita esperança a decisão tomada durante o encontro interprovincial; a proposta da reorganização interna da Congregação é um compromisso de todas”. É o que escreveram, em uma nota, as superioras provinciais das quatro províncias, protagonistas na criação da nova Província América do Sul e África, no final do encontro que se realizou de 31 de agosto a 02 de setembro de 2018, em Jundiaí, SP, Brasil.

Ficou decidido que o nome da Província será Maria, Mãe dos Migrantes, e que a sua sede será em São Paulo, SP, Brasil. “Rezemos a fim de que o Espírito de Deus continue a iluminar-nos e a dar-nos sabedoria em cada passoe em cada decisão para a configuração da Província América do Sul e África”, continuaram as superioras provinciais.

 

Mais informação:  Encontro Interprovincial Província América do Sul e África

Mais Foto